logomarca Hti
    Sábado, 19 de abril de 2014
Acessar o facebook do HTI

  Home » Notícias
  Notícias

Centrocardio e HTI oferecem uma nova visão no diagnóstico das doenças do coração
Publicado em 15/06/2013

 

Exclusividade CENTROCARDIO e HTI: ALLURA FD10 

 

Juntos eles têm cinco anos. Apesar do pouco tempo em Teresina, o Centro Avançado de Cardiologia - Centrocardio e o Hospital de Terapia Intensiva – HTI já revolucionam a área de saúde em todo estado do Piauí e região Nordeste. Recentemente, a equipe do hospital adquiriu a máquina Allura FD 10 da Philips, um aparelho de angiografia que realiza procedimentos intervencionistas nas áreas de cardiologia, neurologia e vascular .

Sede do HTI em Teresina - Pi

Sede do CENTROCARDIO em Teresina - Pi

O equipamento, que está presente nas maiores universidades do mundo e nos principais centros de referência cardíaca do Brasil, como o Hospital Israelita Albert Einstein, Instituto do Coração (InCor) e Hospital do Coração (HCor) é o modelo mais completo do Nordeste, já que possui todos os softwares e equipamentos necessários para os mais diversos tipos de diagnósticos. A máquina é uma exclusividade do HTI, em Teresina.

“Ele capta imagens coronárias por meio de uma rotação rápida ao redor do paciente. As imagens são em tecnologia 3D, com alta resolução e precisão que permitem visualizar os vasos com grande nitidez e sob vários ângulos. Hoje, na Europa, é inaceitável não ter esse tipo de tecnologia, e vocês aqui já dispõem no HTI”, ressalta Dr. Vitor Mendes, que é diretor da Unidade de Neuro-intervenção da Universidade de Genebra, na Suíça.

 

Mas para um funcionamento adequado dessa nova tecnologia é primordial ter uma equipe de médicos preparados e capacitados para a realização dos procedimentos. É assim que destaca Dr. Walberto Eulálio sobre o corpo clínico do HTI. “Nossa maior preocupação é no acolhimento de nossos pacientes. Somos mais de 340 profissionais que nos preocupamos diariamente com a qualidade no atendimento, na recepção, nas consultas, nas cirurgias. Enfim, buscamos o tempo inteiro capacitar nossa equipe aliando sempre com as novas tecnologias. Nossos médicos querem o que há de melhor para todos”, garante o diretor presidente do hospital.

E é assim que o HTI vai se diferenciando e conquistando os piauienses. Além disso, as preocupações com a capacitação e as inovações fazem com que a capital ganhe destaque em todo Nordeste elevando o estado no que diz respeito a uma saúde de excelência. A consequente resposta não poderia ser outra.

Com a chegada do equipamento, o HTI tem atendido cada vez mais pacientes de outros estados como Bahia, Ceará e Paraíba, além da região norte do país, como Amazonas e Acre. Atualmente, não há nenhum tipo de procedimento de cardiologia que não possa ser feito no hospital. Um serviço de primeiro mundo oferecido em um país de terceiro mundo. “É muito bom trabalhar com uma equipe de profissionais que, acima de tudo, priorizam o bem estar de seus pacientes. São mais de 8 mil pessoas que passam por aqui todo mês, entre consultas, exames e cirurgias. Nossa atenção com os pacientes é tão grande que muitos deles não querem ir embora”, brinca o diretor administrativo do HTI, Amauri Pereira.

Ainda segundo o diretor, a praticidade nos agendamentos de consultas é outro grande diferencial, já que elas podem ser marcadas por telefone. Além disso, o ambulatório funciona no horário de 6h30 da manhã às 21h da noite.

Agora imaginem uma clínica séria, organizada, correta e onde tudo dá certo! Assim é a Clínica Centrocardio. Nas palavras do cardiologista intervencionista, Dr. Paulo Márcio a composição da sua e a grande capacidade de trabalho são as maiores virtudes para o sucesso. “Somos 10 cardiologistas, entre eles clínicos e cirurgiões, que sentimos a clínica como a coisa mais importante de nossa profissão. Ela é o plano A de nossas vidas”, frisa.
A comprovação vem através dos números: mais de 3 mil cirurgias feitas em pouco mais de 5 anos. O Centrocardio é completamente resolutivo já que atende a todos os planos particulares e convênios, além de realizar todos os tipos de exames e consultas da área de cardiologia.

Equipe médica de excelência: Doutores: Récio Cronemberg, Arquimedes Cardoso, Aldemir Nunes, Francisco Eulálio, Marcos França, Vanessa Castelo Branco, Alexandre Adad, Leandro Cardoso, Alcino Sá, José Carlos Formiga, Paulo Márcio, Patrícia Mello, Flávio Melo, Walberto Euálio e Nilo Macedo


Muito mais que unidos, o Centrocardio e HTI comemoram o crescimento de seus espaços e as novas tecnologias, que até antes, eram desconhecidas da população. “As pessoas podem até sair daqui para fazer cirurgias endovasculares em outros estados. Mas, elas viajarão por opção pessoal. Em termos de equipamentos e nível profissional, nós oferecemos a mesma tecnologia e qualidade que os grandes centros do mundo. Nos Estados Unidos existem apenas 600 equipamentos como o nosso espalhados nas melhores universidades e hospitais”, enfatiza o radiologista intervencionista, Dr. Aldemir Nunes Jr.

Segurança, confiança e qualidade. Alguns dos principais pontos da Allura FD 10, que possibilita ao médico um ganho de até 60% no tempo da cirurgia. “Esse tipo de equipamento permite um cateterismo cardíaco digital e rotacional sem cortes, sem pontos. Além disso, temos uma boa análise da prótese que será inserida no paciente”, destaca o cardiologista intervencionista, Dr. Alexandre Adad, que ainda acrescenta: “o equipamento expõe a equipe médica e o paciente a uma carga bem menor de radiação, sendo um benefício para todos”.

CENTROS DE REFERÊNCIA QUE USAM A ALLURA FD10 NOS ESTADOS UNIDOS

University of Kansas Hospital
Universidade da Virgínia
Universidade do Tennessee
Universidade do Texas
Universidade do Chicago
Universidade do Mississipi
Universidade do Kentucky
Universidade da Califórnia
Universidade de Utah
Universidade de Washington
Universidade de Rochester

 

ALLURA FD10 GARANTE

Qualidade de imagem excelente para estudos de angiografia coronária nos planos frontal e lateral;

- Configurações de eletrofisiologia e pediátricas dedicadas para exames;
- As configurações personalizadas do Xper simplificam movimentos complexos de posicionamento;
- O DoseWise oferece redução da dose de radiação e excelente qualidade de imagem;
- As ferramentas tridimensionais suportam estratégias de tratamento para procedimentos de angiografia coronária;
- Fornece o dobro de informações com uma única injeção de contraste, que é o fator mais importante nos casos pediátricos.

TECNOLOGIA 3D

A Allura FD10 da Philips trabalha com a melhor tecnologia para avaliar a circulação arterial e venosa do corpo, a angiografia, que nada mais é do que o estudo radiológico dos vasos, com o uso de contraste. “Uma sala de Hemodinâmica ou Angiógrafo Rotacional com Reconstrução 3D mais uma estação de pós-processamento. Este conjunto de máquinas forma o que há de mais moderno em tecnologia disponível no mundo da cardiologia e da neurovascular”, garante Dr. Vitor Mendes, especialista em Neurologia.

O grande diferencial da Allura FD10 é a captura de imagens 3D, onde se pode analisar um aneurisma, por exemplo, em três dimensões, e saber precisamente o tamanho dele. Antes, a tecnologia 2D só possibilitava ao médico uma imagem estática.

De acordo com o especialista, essa tecnologia é a mais nova tendência que permite cirurgias e intervenções sem corte, além de ser usado em 80% a 90% dos casos complexos na Europa. “Teresina está de parabéns por contar com um hospital referência como o HTI. Além de grandes profissionais, dispõe de tecnologia de ponta”, diz Dr. Vitor.

PROCEDIMENTOS INTERVENCIONISTAS MAIS REALIZADOS PELO HTI

Angioplastia Coronária

 

É um procedimento utilizado em substituição as cirurgias e consiste na introdução, na artéria obstruída, de um tubo bastante fino denominado cateter balão (que na ponta apresenta uma prótese vascular interna - stent, que se assemelha a uma minúscula mola metálica), que uma vez inflado desobstrui o vaso no ponto de estenose restabelecendo o fluxo sanguíneo. Este procedimento é realizado sem cortes e com anestesia local, e o paciente recebe alta no dia seguinte.

Aneurisma de Aorta Endoprótese

Os aneurismas da aorta torácica ou abdominal são dilatações focais ou difusas que podem romper provocando graves hemorragias. O tratamento não cirúrgico é realizado por cateter (técnica minimamente invasiva) e o HTI é pioneiro nesta técnica no Piauí, com mais de 20 cirurgias realizadas com sucesso. O procedimento é realizado mediante pequena incisão na virilha. Geralmente não há necessidade de transfusões de sangue. O paciente permanece no hospital por apenas 24 a 48 hr.

Embolização de Tumores Hepáticos

A técnica intervencionista tem por objetivo ocluir de maneira intencional os vasos que levam sangue para o tumor e assim causar a sua morte. Com o intuito de melhorar a eficácia da embolização foi idealizada a injeção simultânea de drogas quimioterápicas e esse processo se denomina de quimioembolização, sendo realizado com microcateteres no interior do fígado através de pequena punção na virilha, sob anestesia local. Há dois anos, a equipe do HTI iniciou um trabalho pioneiro no Piauí, com a utilização de microesferas embebidas previamente com um quimioterápico específico (doxorrubixina ou mitomicina C). Esta técnica é o que existe de mais moderno neste tratamento.




  ÚLTIMAS NOTÍCIAS
» No Dia Mundial da Saúde, veja dez dicas para levar uma vida saudável
» Médico Flávio Melo fala dos desafios do novo HTI. O hospital é o novo gesto do Aliança Casa Mater.
» Hospital Aliança Casamater e HTI celebram acordo de cooperação e gestão
» Controle de colesterol pode prevenir doenças do coração
» Medicamentos contra colesterol 'podem aumentar diabetes'
» HTI Aqui tem Calor Humano
» SIPAT
» SIPAT 2013